Ngk

NGK tem novo presidente para o Brasil

Com 56 anos de fabricação e desenvolvimento tecnológico no Brasil, a multinacional NGK tem novo presidente para o País. O executivo japonês Hiroyuki Tanabe assume o comando local da maior especialista global em sistema de ignição, fornecedora das principais montadoras de veículos do mundo, bem como das mais importantes competições, como a Fórmula 1 e a Moto GP, além de líder no segmento de reposição (aftermarket).

Hiroyuki Tanabe chega ao País com a meta de manter a rota de crescimento da NGK que, em março deste ano, alcançou a marca histórica de 2 bilhões de velas produzidas em sua fábrica no Brasil. “NGK é uma marca fortemente associada à tecnologia e à qualidade, o que se reflete na confiabilidade de nossos produtos nos mercados do Brasil, América do Sul e demais países para onde a produção brasileira é exportada, como Estados Unidos e Japão”, afirma o novo presidente.

Sucessor de Mikihiko Kato, que retornou à matriz no Japão, Tanabe está na empresa há 29 anos, dos quais 28 foram dedicados à área de velas de ignição. Formado em Engenharia e Ciência de Materiais pelo Instituto de Tecnologia da Escola de Engenharia de Nagoya, o executivo tem 52 anos de idade, é casado e pai de dois filhos.
10_NGK_Novo_Presidente

Mais Notícias

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Para mais informações sobre quais tipos de cookies você pode encontrar nesse site, acesse “Definições de cookies”. Ao clicar em “Aceitar todos os cookies”, você aceita o uso dos cookies desse site
Definições de cookies